Um dia depois de sua soltura da prisão em que cumpria pena, em Curitiba, o ex-presidente Lula fez um discurso incitando a violencia em frente à sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo (SP). Lula chegou a dizer que o Brasil precisa seguir o exemplo do Chile, onde a extrema-esquerda provoca destruição e mais de 20 mortes seguindo estratégia do Foro de São Paulo, que incluiu, neste sábado, ataques a Igrejas e depredação de objetos religiosos.