No natal desse ano e depois de vários adiamentos foi lançada no centro espacial da GUIANA FRANCESA o foguete Ariana V contendo o JAMES WEBB, o telescópio espacial 100 vezes mais forte que o HUBBLE.



A participação brasileira se deu através da base espacial" Barreira do inferno", localizada em Natal Rio grande do Norte que acompanhou a telemetria do foguete Ariana V.



Apesar de não ser tão noticiada como a base de Alcântara, eles rastreiam praticamente todos os foguetes lançados da GUIANA Space Center.




Carlos Moura presidente da agência espacial brasileira (AEB) ressaltou ainda que o James Webb representa a abertura um novo capítulo na história da ciência astrofísica e da tecnologia espacial. Com sensibilidade 100 vezes maior que a do Hubble, o novo telescópio fará observações na luz infravermelha para estudar cada fase da história do universo, indo desde as primeiras estrelas que brilharam após o Big Bang até a formação de sistemas planetários e estelares.

Fonte : AEB